Invasão de sites: saiba quais os impactos de ser hackeado!

Invasão de sites: saiba quais os impactos de ser hackeado!

Você sabia que o Brasil é o quinto país em número de ataques de hackers em sites? Isso mesmo, nosso país fica atrás apenas  dos Estados Unidos,  Alemanha, Reino Unido, e África do Sul. A conclusão é de um levantamento da consultoria alemã Roland Berger. Invasão de sites: saiba quais os impactos de ser hackeado!

A verdade é que as invasões de sites acontecem diariamente em todo o mundo, sendo necessário sempre estar atento às políticas de segurança da sua empresa! Saiba quais os impactos de ser hackeado,  neste artigo!

Nenhum negócio está imune aos ataques virtuais!

Invasão de sites: saiba quais os impactos de ser hackeado!

Confira algumas grandes empresas que já sofreram com este problema: 

🚨 PlayStation Network 🚨

Em 2011, a PlayStation teve sua rede invadida por hackers. Na ocasião, dados pessoais de 78 milhões de usuários foram roubados, inclusive números de cartões de crédito. Em 2014, a empresa sofreu outra invasão, um ataque de DDoS, que é uma simulação de vários acessos aos servidores em simultâneo. 

🚨 eBay 🚨

Em 2014, o eBay, site de comércio eletrônico e leilões virtuais, foi vítima de criminosos e teve dados pessoais de 140 milhões de usuários roubados.  

🚨JPMorgan Chase 🚨

A JPMorgan Chase teve os dados de 76 milhões de pessoas físicas e 7 milhões de empresas roubadas por criminosos. Os hackers acessaram informações pessoais dos correntistas.  

🚨 Netshoes 🚨

Empresas brasileiras também já estiveram na mira de criminosos cibernéticos. Em 2017, diversas organizações de comércio eletrônico sofreram ataques, entre elas, a Netshoes. Na ocasião, quase 2 milhões de usuários tiveram dados pessoais e históricos de compras roubados por criminosos. 

🚨 Yahoo 🚨

A Yahoo, uma das gigantes da Internet, foi outra grande empresa que também foi vítima de um ataque. A organização teve os dados roubados de mais de 1 bilhão de contas. Os hackers acessaram algumas informações, como dados pessoais e credenciais de acesso. No entanto, não tiveram acesso aos números de cartões de crédito.

Quais são as invasões de sites mais comuns?

Invasão de sites: saiba quais os impactos de ser hackeado!

🙆‍♂️ Ransomware

Esse tipo de ameaça é chamado também de “Sequestrador Virtual” e o principal objetivo dela é fazer com que o acesso aos dados de um servidor seja bloqueado. Por esse motivo, ao criar um site, é fundamental escolher bem a empresa de hospedagem.

🙆‍♂️ Spyware

São ataques onde os hackers conseguem espiar as informações dos sistemas e, por ficarem em segundo plano, não são facilmente notados.

Essa é uma das maneiras mais perigosas pelas quais os hackers invadem os sistemas, visto que conseguem ver informações, danificar os dispositivos e ainda podem identificar o usuário facilmente. Esse tipo de ataque pode fazer a invasão dos sistemas através de outros sites, inclusive downloads. Mas isso costuma acontecer mais facilmente com pessoas físicas.

🙆‍♂️ DDoS Attack

DDoS é uma sigla em inglês que em português significa “Negação Atribuída de Serviço”, que tem o objetivo principal de provocar uma grande sobrecarga nos servidores e assim tornando os processos mais lentos e fazendo com que os sites fiquem indisponíveis. 

🙆‍♂️Cavalo de Troia

O Cavalo de Troia é um malware usado há muito tempo, sendo ele um dos mais populares. É muito comum que esse tipo de invasão aconteça em empresas e computadores pertencentes a pessoas físicas. Esse vírus pode se camuflar em anexos e mensagens, roubando então informações importantes e sigilosas.

🙆‍♂️Ataques de força bruta 

Os ataques de força bruta são usados para fazer roubo de informações sigilosas como senhas. Com isso o hacker consegue enviar e-mail com conteúdo duvidoso e prejudicial, chamado também de spam.

5 melhores práticas para proteger seu negócio dos hackers

Existem cuidados básicos para proteger seu negócio dos crimes virtuais. Selecionamos aqui 5 deles. Confira:

😀 Suspeite de aplicativos, sites e e-mails

Sempre desconfie de tudo que você acessar ou receber pela Internet, porque uma das maneiras utilizadas pelos criminosos para invadir sites é o phishing. Ele aparece em mensagens de e-mails, em anúncios virtuais e até em alguns programas.

😀Aumente o nível de segurança da rede interna

As redes Wi-Fi se tornaram outro ponto de entrada para os criminosos acessarem computadores, contas e sites.

Se você oferece Wi-Fi para os clientes, o ideal é manter uma rede apenas para uso da empresa. Também é fundamental usar serviços de gerenciamento e segurança da Internet e instalar servidores de firewall para proteger o acesso da rede interna.

😀 Use um bom programa antivírus

A maioria dos bons programas têm conseguido identificar a existência de vírus antes mesmo de um download. Além disso, os antivírus ajudam a bloquear a instalação de arquivos desconhecidos que podem roubar os dados do negócio.

😀Realize o backup dos seus arquivos periodicamente

Faça um levantamento das informações mais importantes do seu negócio e não deixe esses arquivos apenas no computador da empresa. Uma ótima opção é a computação em nuvem, que garante a segurança no armazenamento de dados.

😀 Contrate uma agência especializada em Marketing Digital para a criação do seu site

A falta de segurança dentro da sua plataforma pode colocar em risco a reputação da sua empresa. Isso porque, constantemente, acontecem ataques de hackers, nos quais eles procuram sistemas falhos para aplicarem golpes e, até mesmo, vazarem dados e informações privadas. 

Por isso, não economize em segurança! Contratar uma agência para criar o seu site vai garantir um planejamento avançado de segurança com todos os serviços necessários para proteger o seu site. 

Aqui na PD3, procuramos sempre adequar o preço à necessidade do cliente, de uma forma em que todos saiam ganhando e o cliente sempre satisfeito. Criamos o conteúdo e layout do seu site. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Pesquisar conteúdo

Materiais Gratuitos

Confira também

Fale no Whatsapp